» Matéria

MATÉRIA

 
ESCOLA DO LEGISLATIVO
Estudantes aprovaram cinco projetos de lei no 39º Deputado Por Um Dia
Vanessa Lopez - MTB 7525 - 16:14 - 28/05/2012 - Foto: Galileu Oldenburg
Alunos debateram e votaram propostas durante a Sessão Plenária do Estudante
Alunos debateram e votaram propostas durante a Sessão Plenária do Estudante
Todos os cinco projetos de lei propostos pelos participantes do 39º Deputado Por Um Dia foram aprovados na tarde desta segunda-feira (28). Alunos e professores da Escola de Ensino Fundamental Imaculado Coração de Maria, de Feliz; do Colégio Regina Coeli, de Veranópolis; do Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã, de Estrela; da Escola Estadual de Educação Básica Professora Cléia Salete Dalberto, de Tenente Portela; e da Escola Municipal de Ensino Fundamental São José, de Mata; apresentaram, debateram e votaram suas propostas durante a Sessão Plenária do Estudante. Antes, pela manhã, todos acompanharam a palestra Desmistificando a Cultura do Herói, com Diza Gonzaga, presidente da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga.
 
Esta iniciativa é muito cara para nós do Parlamento por ser a oportunidade de vocês conhecerem de perto o trabalho dos deputados”, afirmou o presidente da Assembleia, deputado Alexandre Postal (PMDB), na abertura da Sessão Plenária do Estudante. A vice-presidente do Parlamento gaúcho, deputada Zilá Breitenbach (PSDB), também prestigiou as atividades da manhã e da tarde, tendo comandado a reunião de líderes, realizada na Presidência da Casa, às 11h30.
 
Ao final dos trabalhos, foram sorteadas as cinco escolas que participarão da 40ª edição do projeto. São elas: Colégio Estadual Santos Dumont, de Gramado; Escola Técnica Estadual Getúlio Vargas, de Rio Grande; Escola Estadual de Ensino Médio Érico Veríssimo, de Restinga Seca; Colégio Estadual São Marcos, de São Marcos; e Escola Cenecista de Ensino Médio Padre Anchieta, de Santo Augusto. O Deputado Por Um Dia é uma iniciativa de formação de cidadania realizada pela Escola do Legislativo Deputado Romildo Bolzan, com apoio da Superintendência Legislativa, que permite aos estudantes vivenciarem a rotina dos parlamentares.
 
Os projetos
Pensamos em um projeto de lei ligado à nossa região, referente ao Rio Caí, mas esta proposta pode servir para outros rios que estejam sofrendo com o problema de poluição”, esclareceu o líder do Partido Defensor do Cidadão (PDC), Victor Ost, que defendeu a iniciativa que foi aprovada em plenário. O grupo da Escola Imaculado Coração de Maria, de Feliz, propôs instituir a Semana da Preservação do Rio Caí, a ser comemorada entre os dias 15 e 22 de março, por meio de palestras, limpeza do leito e das margens do rio, avaliação das matas ciliares, reflorestamento das margens de preservação permanente e coleta de água para análise. “Este projeto tem grande importância para o meio ambiente”, apoiou a deputada por um dia Cássia Ferri, do Partido da Nova Geração (PNG), da Escola Estadual de Educação Básica Professora Cléia Salete Dalberto, de Tenente Portela.
 
Também foi aprovada a iniciativa da Escola Municipal São José, de Mata, que criou o fictício Partido Democrático Escolar (PDE), e sugeriu a instituição do Dia Estadual de Conscientização e Preservação dos Recursos Paleontológicos, a ser comemorado em 6 de novembro. A proposta homenageia o padre católico Daniel Cargnin, que faleceu nesta data e teria sido um paleontólogo amador e autodidata. “Além de constituírem importante material de estudo científico, os recursos paleontológicos possuem valor cultural, atraem turistas e geram atividade econômica”, ressaltou Nadine Marrote, líder do PDE.
 
O aproveitamento das águas das chuvas por meio da construção de reservatórios foi a proposta do Partido da Nova Geração (PNG), da Escola Estadual de Educação Básica Professora Cleia Salete Dalberto, de Tenente Portela. A iniciativa visou a diminuir o uso de água potável convencional e aumentar, com isso, as condições de abastecimento por meio de fontes alternativas. O líder do PNG, Josué Bento, pediu pela preservação da água: “Temos de defender a água potável. Precisamos de água boa para termos dignidade. Onde moro, falta água”. Milena Giacomini, que é deficiente auditiva, manifestou-se com a ajuda de uma intérprete de libras: “Não precisamos da água potável para lavar a calçada, pois falta muita água no planeta Terra. Pedimos a aprovação deste projeto para o bem da humanidade e do nosso Estado”.
 
A Premiação para a Escritora Notável da Literatura Gaúcha a ser conferida pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul foi a iniciativa do grupo do Colégio Regina Coeli, de Veranópolis, que criou o Partido da Juventude Participativa (PJP). Pela proposta, o reconhecimento seria concedido anualmente à escritora que se destacasse na publicação de obras literárias. “Ainda hoje, não há o reconhecimento devido às escritoras”, avaliou a proposta a líder do PJP, Gabriela Freitas.
 
Já o Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã, de Estrela, criou o Partido IEEEM (PI), e defendeu a instituição do Dia Estadual pela Igualdade de Gêneros, a ser comemorado no dia 1º de julho, com o objetivo de conscientizar e promover debates sobre a igual importância de homens e mulheres. “Sabemos que, mesmo tendo a mulher conquistado um lugar melhor na sociedade, ela ainda precisa percorrer um longo caminho”, disse Dacsiane Alves, líder do partido. “Queremos, com este dia, conscientizar a sociedade para a importância do tema".
 
Cultura do herói
"Desde que o Thiago, meu filho, partiu, tenho aprendido a conviver com essa dor”, disse Diza Gonzaga, presidente da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga, ao iniciar sua fala, na palestra de abertura do evento. “O que me move a levar o Vida Urgente adiante é pensar que se já existisse alguém fazendo o trabalho que realizamos hoje, talvez o Thiago não tivesse embarcado naquela carona sem volta”. Ela contou que a principal causa da morte de jovens entre 14 e 26 anos é o trânsito. A Fundação realiza o trabalho de conscientização em relação ao tema há 16 anos, desde sua criação, depois do acidente que tirou a vida de Thiago.
 
“Queremos uma mudança de cultura”, defendeu Diza. “Infelizmente, em relação ao carro, a cultura do herói está mais impregnada nos meninos. Dizer para diminuir a velocidade é considerado babaca”. A palestrante ressaltou que os jovens pensam ser imortais: “Nossos heróis estão voltando para casa em caixões”. Ela foi além: “Por trás de cada número tem rostos, tem uma história, um pai e uma mãe”. A média de idade dos mortos no trânsito é de 30 anos, destacou. “Quem tem morrido são os jovens”. Diza defendeu a diversão sem o uso do álcool.
 
Ainda acompanharam a 39ª edição o deputado Jeferson Fernandes (PT) e o diretor da Escola do Legislativo Deputado Romildo Bolzan, Luís Fernando Sodré. 
Indicar Matéria
Versão de Impressão
BlogThis
Deputado Por Um Dia

OUTRAS MATÉRIAS

  outubro/2020

  setembro/2020

  janeiro/2020

  novembro/2019

  outubro/2019

  agosto/2019

  julho/2019

  maio/2019

  fevereiro/2019

  janeiro/2019

  dezembro/2018

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Escola do Legislativo Dep. Romildo Bolzan - (51) 3210-1167 - escola.legislativo@al.rs.gov.br
Login