» Principal

Notícias

 

Escola do Legislativo capacita servidores em Língua Portuguesa e Redação Oficial

30/11/2017 - 17:05

Repórter: Patrícia Duarte

 

A Escola do Legislativo Romildo Bolzan realiza no mês de dezembro curso de Comunicação, Redação Oficial e Atualização em Língua Portuguesa em parceria o Senac. Serão seis aulas sempre às segundas e quintas-feiras. A formação foi construída com base em sugestões dos próprios servidores da Assembleia Legislativa.

Ouça a matéria da Rádio AL

 

 

Lançada na Feira do Livro de Porto Alegre a coletânea do Prêmio Lila Ripoll
Luiz Osellame - MTE 9500 | Solar dos Câmara - 09:34-20/11/2017 - Edição: Vicente Romano - MTE 4932 - Foto: Marcelo Bertani

 
 
A premiação fomenta o desenvolvimento cultural e estimula a criação literária por meio da divulgação e valorização da poesia de tema social e de gênero
Em cerimônia realizada na tarde da última sexta-feira (17), no estande da Assembleia Legislativa na Feira do Livro de Porto Alegre, foi lançada a coletânea de poesias vencedoras do Prêmio Lila Ripoll 2017. O evento foi encerrado com sessão de autógrafos dos autores integrantes do volume desta que é a 12ª edição do Prêmio.
A publicação reúne os três primeiros colocados da premiação, que receberam medalhas e certificados, e outros 10 poemas selecionados, que foram agraciados com certificados de menção honrosa.
A coordenadora da Divisão de Prêmios e Promoções Culturais da AL, Neuza Silva Soares destacou que O Prêmio Lila Ripoll de Poesia, promovido pelo Parlamento gaúcho desde 2005, assinalando o centenário de nascimento de Lila, é uma justa homenagem à mulher ativista, defensora dos direitos das mulheres. “Com o objetivo de estimular a criação literária, o Prêmio proporciona, também, visibilidade a novos talentos, e o lançamento da coletânea de poesias vencedoras é a consolidação desse trabalho”.
O vencedor do 3º lugar da premiação, pela segunda vez consecutiva, Ricardo Mainiere, sublinhou a importância do Prêmio Lila Ripoll para a cultura do Rio Grande do Sul. A “Cenurbana” é uma poesia eminentemente social, retrata a vida de um morador de rua que dorme numa noite fria de inverno abraçado ao seu cachorro. "Ao sujeito que nada mais possui, ainda resta vivo o seu lado afetivo, que representa a chama da possibilidade de recuperação desta pessoa”, sustenta o agraciado.
Vencedores do Prêmio Lila Ripoll de Poesia 2017
1º Lugar
“Dos segredos íntimos”
Autor: Daniel Conte (Porto Alegre – RS)
2º Lugar
“Livra-me”
Autora: Claudia Regina Manzolillo Madeira (Rio de Janeiro – RJ)
3º Lugar
“Cenurbana”
Autor: Ricardo Mainieri (Porto Alegre – RS)
Menções Honrosas (em ordem alfabética)
  •  “Dos poemas que expõem a carne” - autor: Douglas Rosa da Silva (São Leopoldo – RS)
  •  “Inadequação” - autor: Vinícius Dill Soares (Panambi – RS)
  •  “Mulher lua” - autor: Benette da Motta Bacellar (Porto Alegre – RS)
  •  “Nossas pazes” - autor: Jéssica Luana Bueno dos Santos (Parobé – RS)
  •  “Noturno” -  autor: Denise Freitas (Porto Alegre – RS)
  •  “O céu disfarça as montanhas que desterro” - autor: Marina dos Reis (Porto Alegre – RS)
  •  “O outro” - autor: João Elias Antunes de Oliveira (Taguatinga – DF)
  •  “O resto” - autor: Ronaldo Dória dos Santos Júnior (Sepetiba – RJ)
  •  “Pequena Cidade da melancolia” - autor: Thereza Mantovani (Porto Alegre – RS)
  •  “Temporal” - autor: Naida Lena Gonçalves de Menezes (Porto Alegre – RS)
Presenças
Também participaram da solenidade, Anália Sanches Dorneles, integrante da Comissão Organizadora; a Coordenadora da Divisão de Biblioteca, Pesquisa e Extensão, Sônia Domingues Santos Brambilla; a representante do gabinete parlamentar da deputada Manuela D’Ávila (PCdoB), Cristina Machado; do gabinete do deputado Juliano Roso (PCdoB), Paulo Dias; o sobrinho neto de Lila Ripoll, Lair Ripoll, e  os poetas agraciados de 2017, Douglas Rosa da Silva, Vinicius Dill Soares, Benette da Motta Bacellar e Marina dos Santos (Ana Barton).

 

 

Os analistas do DOF Roberta Hansel de Moraes e Robson Diego Ferreira repassaram as orientações aos servidores da Assembleia 

Foto: Divulgação DOF - Texto: Arthur Ruschel/Ascom SPGG - Edição: Lucas Barroso/Ascom SPGG

 
 
De segunda (2) à quinta-feira (5/10), os servidores da Assembleia Legislativa participaram do curso de capacitação sobre o Orçamento Público do Estado. A iniciativa foi da Escola do Legislativo e as orientações ficaram à cargo dos analistas Roberta Hansel de Moraes e Robson Diego Ferreira do Departamento de Orçamento e Finanças (DOF), da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG).
 
O curso abordou temas como o Histórico do Planejamento Governamental; instrumentos de Planejamento da Administração Pública (Plano Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias, Lei Orçamentária Anual) e Dispositivos Legais; a Compatibilização entre os Instrumentos de Planejamento, Classificações Orçamentárias das Receitas e das Despesas; Orçamento Anual: aspectos fundamentais e princípios; o processo de elaboração da Proposta da Lei Orçamentária estadual; e Tramitação no Poder Legislativo: proposições e alterações.
 
Na abertura do curso, o diretor do DOF, Herbert Klarmann, destacou a importância da parceria realizada com a Assembleia Legislativa para proporcionar a disseminação do conhecimento sobre o Orçamento Público. A diretora da Escola do Legislativo, Gislaine Monza, ressaltou que o curso atende a um dos objetivos que é de capacitar e qualificar os servidores.
 
Em tramitação na Assembleia desde o dia 14 de setembro, a Proposta Orçamentária do Estado para o ano de 2018 (PL 188) tem prazo até o dia 10 para entrega de emendas, tanto parlamentares quanto populares, na Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle.
 
A matéria, que projeta a receita e fixa as despesas do Estado para o exercício financeiro de 2018, deverá ser votada em plenário até o dia 28 de novembro.
 

Outras Notícias

 
ESCOLA DO LEGISLATIVO
Plenária do Estudante aprova criação do Dia do Apoio Emocional e valorização do Espaço Escolar
Celso Luiz Bender - MTE 5771 - 17:24 - 27/11/2017 - Foto: Marcelo Bertani
Estudantes aprovaram dois dos cinco projetos propostos
Estudantes aprovaram dois dos cinco projetos propostos
A Escola do Legislativo Deputado Romildo Bolzan, da Assembleia Legislativa, promoveu, nesta segunda-feira (27), a 49ª edição do Programa Deputado Por um Dia. A iniciativa, criada em 1999, tem como objetivo proporcionar a alunos das redes pública e privada, da 7ª série do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, a experiência de atuar como deputados, discutir e votar projetos de lei na Sessão Plenária do Estudante.
 
O evento teve início às 10h, com a cerimônia de abertura, no Salão Júlio de Castilhos. Às 14h, aconteceu a Sessão Plenária do Estudante, no Plenário 20 de Setembro, com discussão e votação de matérias, de autoria dos próprios estudantes.
 
A sessão foi presidida pela deputada Regina Becker Fortunati (REDE), que destacou a importância da presença do todos, como forma de participação de um processo de construção da cidadania, a partir de políticas sérias e honestas para o bem comum. Informou as etapas que compõem a sessão plenária, sendo que nesta, especial do estudante, aconteceriam a Ordem do Dia, Comunicações, sorteio das cinco próximas escolas que participarão da próxima edição e encerramento. Também presentes, os deputados Juvir Costella (PMDB), Missionário Volnei (PR), Liziane Bayer (PSB) e Fredrico Antunes (PP).
 
Ordem do Dia
No período da Ordem do Dia, cinco projetos de lei foram apresentados e debatidos na tarde desta segunda-feira (27).
 
O projeto de Lei 6/2017, do Partido da Juventude Democrática (PJD), da Escola de Educação Básica Frei Casimiro Zaffonato, do município de Ipê, propôs o Programa Política Também se Aprende na Escola, Formando Eleitores Conscientes, - nas escolas de ensino médio do RS. Ele foi rejeitado com 26 votos favoráveis e 29 contrários.
 
O projeto de Lei 7/2017, do Partido da Liderança Jovem (PLJ), do Instituto Estadual de Educação São João Batista, de Herval, instituindo o Acampamento Farroupilha nas escolas estaduais, como forma de resgate da cultura gaúcha, foi rejeitado com 27 votos favoráveis e 28 contrários.
 
O projeto de Lei 8/2017, do Partido da renovação Estudantil Santanense (PRES), da Escola Estadual de Ensino Médio Cyrino Luiz de Azevedo, de Santana do Livramento, instituindo o projeto de valorização do Espaço Escolar, foi aprovado com 28 votos favoráveis e 27 contrários.
 
O projeto de Lei 9/2017, do Partido Fernando Albino (PFA), da Escola Estadual de Ensino Fundamental Fernando Albino da Rosa, de Santa Rosa, propondo a colocação de placas solares nas escolas da rede pública estadual, aplicando a energia sustentável, foi rejeitado, por 32 votos a 23.
 
E o projeto de Lei 10/2017, do Partido Marechal Floriano (PMF), do Colégio Estadual Marechal Floriano Peixoto, de Porto Alegre, instituindo o Dia do Apoio Emocional nas escolas da rede pública do RS, foi aprovado por 43 a 12.
 
Deputados
Em nome da bancada do PMDB, o deputado Juvir Costella destacou a alegria em receber as representações de escolas e municípios. Enfatizou o alcance e finalidade social dos projetos de lei integrantes da Ordem do Dia, como o fornecimento de energia às escolas a partir da luz solar. De outra parte, disse da importância da presença dos jovens na Casa, “inserindo-se no mundo político num momento delicado, em especial em nível nacional. Pessoas estão evitando falar de política, o que é ruim para o país”. Incentivou que os jovens participem mais, “quem sabe começando como vereadores, chegando à prefeitura e, depois, ao Parlamento”. Registrou, ainda, seu agradecimento a professores e pais pelo incentivo aos jovens.
 
A deputada Liziane Bayer (PSB) observou que já há um vício cultural por parte da sociedade em relação à política, com manifestações como “não gosto de política e pronto”. Infelizmente, agregou, isso é mais comum do que deveria. Lamentou que boa parte das notícias que tratam da política destaquem a má política.”Mas temos, sim, no país e no Estado, pessoas que se dedicam à boa política, ao trabalho de dirimir anseios, em meio a um sistema que dificulta isso. Quando cheguei nesta Casa, encontrei um Parlamento atuante, sem que houvesse, no entanto, a repercussão das boas iniciativas. Assim, a população perde a referência do bom Parlamento. Que vocês, a partir do que viram aqui, possam emitir opiniões sobre o processo legislativo com a noção pessoal que construíram”, observou.
 
Regina Becker Fortunati (REDE) frisou, da tribuna, a esperança da sociedade em relação aos jovens como líderes políticos, desempenhando papel fundamental no futuro. Informou que esteve no COP 23, na Alemanha, com o debate acerca do aquecimento do planeta, com a temperatura podendo subir em até 3°C nos próximos anos, elevando o nível das águas em especial do mar, comprometendo cidades litorâneas. "Foram representações de 138 países”, ilustrou. Neste contexto, prosseguiu, “vocês serão agentes importantes nesta discussão, neste debate, com a formação de consciência e participação nas soluções. O papel de vocês será fundamental para mudanças de postura e comportamento. E a política é um caminho para isso. Sem política não há avanços sociais. Ao contrário, surge a desordem e o descontrole social”, advertiu.
 
O deputado Frederico Antunes (PP) igualmente reforçou a alegria em receber os estudantes na Casa do Povo. Lembrou que os deputados que atualmente estão no Legislativo chegaram por meio da representação eleitoral. “Assim, falamos em nome de terceiros. São manifestações em nome de outros, o que aumenta a responsabilidade. Devemos ser intérpretes do coletivo”, alertou. Destacou que, às vezes, a responsabilidade indica um não ao invés do sim , “mas isso é necessário, para que seja evitada a frustração, algo que deixa marcas, gerando indignação e insatisfação por parte de alguém que aguarda determinado posicionamento. Os debates e as posições compõem aquilo que é o mais sagrado a uma sociedade, que é a democracia, para que possamos externar nossos pensamentos”, ressaltou.
 
Próximas participantes
Na sequência, foram definidas, por sorteio, as cinco escolas da 50ª edição do Deputado Por Um Dia, a ser realizado em 2018: Escola Estadual de Ensino Médio Cilon Rosa, de Santa Maria; Escola Municipal de Ensino Fundamental Edgar Rosa Cândido, de Fazenda Vila Nova; Escola Municipal de Ensino Fundamental Morada do Sol, de Campo Bom; Escola Municipal de Ensino Fundamental, Leonel Moura Brizola, de Ipê, e Escola Estadual de Ensino Médio Floriano Peixoto, do município de Engenho Velho. Ao final, foram entregues certificados de participação aos alunos e escolas presentes.
Indicar Matéria
Versão de Impressão
BlogThis
Deputado Por Um Dia

Acesse

 

Logotipo Interlegis

    

Associada à

 

 

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Escola do Legislativo Dep. Romildo Bolzan - (51) 3210-1167 - escola.legislativo@al.rs.gov.br
Login