Menu da Agência de Notícias







Facebook Assembleia RS

TV

Votação dos projetos que reestruturam o IPE fica para a próxima semana

Rádio

 
SESSÃO PLENÁRIA
20/02/2018 17:04
SESSÃO PLENÁRIA
20/02/2018 16:39
SESSÃO PLENÁRIA
20/02/2018 16:22
COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA
20/02/2018 11:15
ARTIGO
A banalização da violência contra a mulher
Juliano Roso* | PC do B - 08:45-05/09/2017
Um episódio recente ocorrido em São Paulo simboliza a banalização da violência contra a mulher existente no país. Um homem com mais de uma dúzia de denúncias e flagrantes pelo crime de assédio – que é uma violência tão cruel quanto a física - seguia solto com o aval da lei. Mesmo com a vigência da Lei Maria da Penha, que comemorou recentemente 11 anos, temos muito a evoluir. Pesquisa recente feita pelo Datafolha, encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança, indica que uma em cada três mulheres sofreu algum tipo de violência no último ano. Só de agressões físicas, o número é alarmante: 503 mulheres são vítima de violência no Brasil a cada hora.

O mesmo estudo informa que 22% das brasileiras sofreram algum tipo de ofensa verbal em 2016. E 10% das mulheres foram agredidas fisicamente, sendo que 8% de todas mulheres do país foram vítimas de ofensa sexual. O curioso da pesquisa é que mais da metade das vítimas, 52% das vítimas, se calou. Dando espaço para a continuidade da violência. Os números, infelizmente, são o retrato da cultura da violência contra as mulheres no Brasil. Avançamos alguma coisa, mas ainda temos muito o que melhorar. O caso do assediador de São Paulo é simbólico. Apesar das leis faltam critérios mais rigorosos das autoridades para lidar com o problema.

E essa mudança de atitude e de tratamento começa na sua casa, no seu trabalho e na sua família. Enquanto houver desrespeito, detrimento, preconceito e qualquer outra diferença de gênero vamos estar alimentando uma herança cultural em que a mulher era submissa ao homem e a ele pertencia. Precisamos dar fim a este triste retrato da sociedade brasileira. Precisamos ser vigilantes e propagadores da igualdade e respeito com a mulher. Somente a partir disso poderemos ter uma sociedade mais justa para todos.

* Deputado Estadual

Versão de Impressão

Últimas Notícias

20/02/18 - 18:15 - Agência de Notícias - Pronunciamentos da tribuna na Assembleia nesta terça-feira
20/02/18 - 17:07 - Agência de Notícias - Assembleia aprova novos limites para programas de incentivo ao esporte, inclusão social e cultura
20/02/18 - 16:21 - Agência de Notícias - Atividades da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira
20/02/18 - 12:37 - Agência de Notícias - Seis projetos do Executivo devem ser apreciados pela Assembleia nesta tarde
20/02/18 - 12:36 - Presidência - Assembleia Legislativa une esforços com MP e Associação de Procuradores do Estado
20/02/18 - 12:00 - Agência de Notícias - Vilmar Zanchin é o novo presidente da CCJ da Assembleia
20/02/18 - 08:00 - Agência de Notícias - Comissão de Constituição e Justiça elege novo Presidente
19/02/18 - 17:01 - Agência de Notícias - Atividades da Assembleia Legislativa nesta terça-feira
19/02/18 - 13:13 - Agência de Notícias - Sessenta e duas matérias estão aptas a serem votadas em plenário
16/02/18 - 16:39 - Agência de Notícias - Atividades da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira
16/02/18 - 16:11 - Agência de Notícias - Prazo de inscrição em concurso público da Assembleia encerra-se nesta segunda-feira
16/02/18 - 14:48 - Agência de Notícias - Atividades na Assembleia Legislativa na semana de 19 a 23 de fevereiro
16/02/18 - 11:55 - Agência de Notícias - Manuela quer instituir Semana Estadual de Combate à Violência Obstétrica
15/02/18 - 17:00 - Agência de Notícias - Atividades da Assembleia Legislativa na semana de 14 a 16 de fevereiro
15/02/18 - 16:42 - Agência de Notícias - Atividades da Assembleia Legislativa nesta sexta-feira
Leia mais ...

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul - Agência de Notícias
Praça Marechal Deodoro, 101 Térreo - Centro - Porto Alegre RS - Cep 90010-300 - Email: redacao@al.rs.gov.br - Telefone (51) 3210 2555 - Fax: (51) 3210 1226