Praça da Matriz

Assim que a capital do Rio Grande do Sul foi transferida de Viamão para Porto Alegre em 1773, a Praça da Matriz passou a ser o centro político, cultural e social da cidade e do estado, pois ali se instalou o poder regional, a Igreja Matriz e casarões residenciais de potentados da época. Além de ser local próprio de covivência, a praça dava lugar a festejos religiosos e celebrações cívicas. Ainda é local expressivo de manifestações políticas, sendo uma das mais marcantes a Campanha da Legalidade em 1961.

Ao longo da História, o local conhecido no século XVIII como Altos da Praia foi ganhando diferentes denominações: Praça do Novo Lugar, Praça do Palácio da Presidência, Praça D. Pedro II e Praça Marechal Deodoro. Outra designação da praça deve-se a presença dos Poderes Públicos que estão sediados no seu entorno, por isso também é conhecida como Praça dos Três Poderes. 

A denominação extraoficial Praça da Matriz (a mais popular e conhecida das denominações) deve-se a presença da Igreja Matriz. A construção da atual Catedral, concluída em meados do século XX, substituiu a edificação original da Igreja da Matriz cuja construção confundi-se com a fundação de Porto Alegre, em 1772, até então conhecida como localidade do Porto dos Casais em função da povoação portuguesa oriunda da Ilha dos Açores.

O nome oficial do espaço onde se encontra o monumento a Julio de Castilhos (1913) é Praça Marechal Deodoro, denominação que sucedeu o nome Praça Dom Pedro II após a proclamação da República em 1889. 

Auditório Araújo Viana - anos 30 - ao fundo o Theatro São PedroNo campo cultural, além do Theatro São Pedro (1858), uma concha acústica acompanhada de bancos alinhados a ceu aberto caracterizavam o Auditório Araújo Viana, construído em 1927, onde ressoavam apresentações da banda municipal. O Auditório ocupou o espaço da antiga sociedade Bailante, local de socialização da elite porto-alegrense no século XIX, e deu lugar, em 1960, à construção do Palácio Farroupilha, sede atual da Assembleia Legislativa, inaugurado em 1967.

Rica em história, cultura e cidadania, a praça dá sentido ao projeto Os Caminhos da Matriz, que oferece uma oportunidade de conhecer e se aproximar um pouco mais do patrimônio histórico e da história institucional das estruturas envolvidas no projeto.

 

Saiba mais sobre a praça clicando aqui


Legenda das fotos:

Imagem superior: Vista atual da Praça da Matriz - Acervo da AL

Imagem meio: Vista da antiga Igreja Matriz, da Capela do Divino Espírito Santo e do antigo Palácio Presidencial em 1890. Foto Virgílio Calegari - Disponível digitalmente na fototeca do Museu Joaquim José Felizardo (R. João Alfredo - Cidade Baixa / POA).

Imagem inferior: Vista norte do antigo Auditório Araújo Viana. Ao fundo, o Theatro São Pedro. Acervo da AL.

 

Rafael de Aguiar Pereira, Historiador (Assembleia Legislativa)

Pça. Mal. Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - CEP 90010-300
Fone:(51)3210-1148